O que é a Plagiocefalia?

Você notou alguma deformidade na cabecinha do seu bebê e não sabe o que fazer ?

É verdade que todos nós temos algum grau de assimetria no nosso corpo. A cabeça não é diferente. Nenhum de nós é perfeitamente simétrico. Quando, porém, um lado da cabeça está mais achatado, o lado oposto está proeminente, as orelhas começam a ficar desalinhadas, é hora de verificar se essa assimetria está além do que é considerado normal.

 

Nesse momento é preciso contar com a avaliação de um médico com experiência no assunto para diagnosticar corretamente o problema. Há vários diagnósticos possíveis para as chamadas assimetrias cranianas, mas o mais frequente é a plagiocefalia posicional, nome dado à deformidade causada pelo apoio excessivo de uma região da cabeça durante a fase de crescimento rápido, quer seja ainda no útero da mãe, seja nos primeiros meses de vida. Quando o achatamento compromete toda a região posterior da cabeça, alargando as regiões laterais e eventualmente elevando a ponta da cabeça (o chamado “cocuruto”), recebe o nome de braquicefalia. Já o alongamento excessivo do crânio, muito mais raro hoje em dia, chama-se escafocefalia.